Crédito para CNPJ: minha empresa precisa mesmo disso?





Crédito para CNPJ: minha empresa precisa mesmo disso?

Quando o empreendedor se vê frente a uma dificuldade financeira, pode logo pensar em recorrer a um crédito para CNPJ. E, de fato, o crédito empresarial pode ser uma alternativa – existem diversas linhas de crédito para empresas no mercado e, sabendo escolher bem, uma delas pode realmente ajudar o empreendimento a sair de uma situação difícil. Mas será que o crédito para CNPJ é a melhor opção? É preciso fazer esse questionamento antes de tomar uma decisão.

Algumas vezes, os desajustes financeiros de uma empresa são consequência de problemas em outras áreas do negócio, como:

Falta de planejamento
Investimentos malfeitos
Falhas na gestão do fluxo de caixa
Erros no gerenciamento do estoque
Má precificação de produtos e serviços
Por isso, mesmo que seja necessário recorrer a um crédito empresarial, é importante entender por que a empresa chegou nesse ponto. Tente identificar onde está o problema – se há, por exemplo, um déficit no fluxo de caixa, procure compreender que aspectos do ciclo financeiro podem ser alterados para evitar a necessidade de, no futuro, ter que ir em busca de crédito para capital de giro novamente.

A raiz do problema pode estar em diferentes áreas, como citado acima, então é importante avaliar com atenção toda a estrutura de gestão do negócio para um diagnóstico preciso. É esse o primeiro passo para uma gestão financeira eficiente.

Cuidados ao contratar crédito para CNPJ

Antes de recorrer a uma linha de crédito para empreendedores, faça a lição de casa. Isso significa saber exatamente o montante necessário e avaliar se a parcela do crédito empresarial cabe no orçamento. Crédito para empresas com parcelas flexíveis, que acompanham a sazonalidade do negócio, como o oferecido pelo Tomático, pode ser uma solução de crédito mais fácil de pagar.


É importante lembrar também que existem outras opções além do crédito empresarial.


O autofinanciamento é um exemplo. Isso pode ser possível quando o empreendedor consegue esticar prazos com fornecedores, antecipar prazos com os clientes ou reinvestir o lucro na empresa, ao invés de fazer retiradas. Ele também se torna uma opção quando há a possibilidade de vender equipamentos ou veículos que não estão sendo utilizados.


Faça uma boa análise antes de contratar o crédito empresarial, pois isso vai trazer mais clareza sobre a necessidade real de obter dinheiro com terceiros. Se a decisão for pelo crédito para empreendedores, faça simulações online de crédito para verificar a melhor opção para o seu perfil.




Tire suas dúvidas! Estamos a disposiçao!